Dicas para viajar de avião: durante o voo

Primeira dica: Procure seu assento e respeite o seu espaço

Procure o seu assento, coloque sua bagagem de mão nos compartimentos adequados. Se for grande, coloque nos espaços acima dos bancos. Se for pequena e você quiser perto de você, pode colocar abaixo do banco a sua frente.

Sendo uma área comum, repeite o espaço do outro (espaços limitados pelos apoios de braço). E cuidado com a cadeira a sua frente, pois qualquer movimento nela – como colocar os pés ou abrir e fechar a mesinha com força – o passageiro que está sentado nela sente.

Sentado em sua cadeira você pode acender uma luz de leitura para você (elas são individuais), abrir a mesinha (que fica na cadeira à sua frente) para apoiar qualquer coisa que queira, ou, ainda, utilizar os serviços de entretenimento – filmes e outras atrações – caso seu voo tenha. E também pode rebaixar o encosto para ficar um pouco mais confortável.

Preste atenção nas orientações da tripulação

Antes de decolar e antes de pousar, a tripulação repassa os procedimentos de segurança e de emergência. Fique atento. Para decolagem e aterrissagem, por exemplo, os encostos não podem estar rebaixados, as bandejas têm que estar fechadas e travadas, os cintos devem estar afivelados, as bagagens devem estar em seus lugares e os aparelhos eletrônicos desligados.

Durante o voo, não é preciso nada disso. A exceção é o cinto, que é aconselhável que esteja travado durante todo o voo, enquanto você estiver sentado.

Você pode levantar quando quiser para ir ao banheiro ou esticar as pernas. Somente quando os avisos de apertar os cintos estiverem acessos – o que é sinal de possível turbulência – você deve ficar sentado e com os cintos afivelados.

Os tripulantes passam servindo o “serviço de bordo”, que varia bastante, conforme a companhia aérea e/ou o voo. Vai desde “nada” (ou seja, sem serviço, rs), até refeição completa, passando por servirem somente bebidas ou bebidas e um snack ou sanduíche. Se você quiser, abra a sua bandeja e espere a sua vez. Se você estiver dormindo, eles não te acordam.

Chegando ao destino

Aterrissagem: permaneça sentado

Durante os procedimentos de aterrissagem, respeite a orientação dos tripulantes. Assim que pousar, não se levante até que os sinais de atar os cintos sejam desligados. Levantar enquanto a aeronave ainda está em movimento pode ser perigoso e não é permitido.

Assim que o avião parar e for autorizado levantar, não esqueça seus pertences! Acredite: isso acontece e já aconteceu inclusive conosco. Uma vez, esqueci um saco com um chapéu de Bali [não dá pra deixar um chapéu de Bali pra trás, né?] e, em outra, Ana Catarina esqueceu um casaco vermelho da Calvin Klein [não dá pra deixar um casaco vermelho da Calvin Klein pra trás, né?]. Nestes casos, você tem que procurar o mais rápido possível alguém da companhia aérea no aeroporto e… esperar.

Então, pegue TODOS os seus pertences e saia, seguindo as placas para “saída” e “restituição de bagagem”. As malas são devolvidas em umas esteiras antes da porta de saída.

 

 

Fonte: turistaprofissional.com

Compartilhar:

Contato

Cadastre seu e-mail e receba promoções exclusivas!

Seu Telefone (obrigatório)