TITLE

DESCRIPTION

Gastronomia e Doces Turcos — 14 Delícias que Você Não Pode Deixar de Provar

Um país onde todos os sabores guardam muita identidade com uma cozinha rica em vegetais, carnes e massas que compõem pratos salgados ecléticos e doces turcos de dar água na boca. Além disso, as bebidas quentes e frias são bem originais. Assim como as outras facetas do país, a culinária turca é uma mescla de sabores da Ásia e da Europa: verdadeiramente deliciosa, dona de receitas exóticas e sabores insubstituíveis, e tão tradicional quanto descolada.

Conheça os detalhes da culinária em geral e doces turcos

Um exemplo da moderna gastronomia turca? O chef Nusret Gökçe, “exportado” da Turquia para Dubai e que faz o maior sucesso no Instagram, por conta da sua culinária e seu jeito excêntrico! Para se ter ideia, seus milhares de seguidores ganhou outros milhares por conta de uma única postagem em que ele salga a carne com um jeito diferente!

Conheça a culinária e os doces turcos!

 

 

1.Kebab

Kebab significa “grelhados a carvão”, o que inclui pratos distintos desde carnes até as castanhas assadas no kestane kebab, tradicionalmente vendidas em sacolas de papel.

Os de carne são mais conhecidos e vêm em diferentes estilos, mas se resumem em uma coisa: carne grelhada e cortada em cubos. Se é feito no espeto vertical giratório, trata-se do döner kebab (em turco, literalmente “espeto giratório”). A carne pode ser de cordeiro, carneiro, boi ou frango e é fatiada antes de servida, geralmente como recheio de um pão acompanhado de legumes, couscous, arroz e molhos.

É uma refeição nacional na Turquia e comum na Grécia, na costa do Mediterrâneo e em lugares de onde a imigração turca tocou, como cidades da Alemanha e da França.

 

 

 

2. Simit

Um lanche modesto que dizem ter surgido no século XVI, quando os viajantes levavam consigo anéis de pão na bagagem. A cidade vizinha de İzmit emprestou seu nome à iguaria! Hoje, as populares argolas de pão turcas são muito apreciadas no país e a opção ideal para aquele lanche rápido na rua ou como sobremesa após as refeições com doce, queijo ou iogurte.

 

 

 

3. Iogurtes

Consumido puro, como base para sopa, em saladas de pepino e berinjela, ou em bebidas refrescantes como ayran, iogurte é vida na Turquia! Na verdade, árabes, libaneses e turcos adoram iogurte que, criado há um milênio na Ásia Central, tem sua longevidade em boa parte devido à cultura nômade.

 

 

 

4. Pide

Apelidado de “pizza turca”, é uma espécie de pão achatado, assado no forno a lenha e servido com queijos, vegetais ou coberturas de carne como a sucuk (salsicha turca) ou carne de cordeiro picada (kıyma). Há restaurantes especializados no prato que muitas vezes é servido com um ovo quebrado em cima bem na hora!

 

 

 

5. Baklava

Os conhecidos doces turcos feitos com uma massa bem fininha e crocante, encharcados de mel leitoso e cobertos de pistache, quase uma obra de arte! A sobremesa veio da Ásia Central e se espalhou por todo o mundo otomano sendo que, na Europa, os vienenses a modificaram resultando no strudel.

 

 

 

6. Castanhas e Frutas

Parece bobo dizer para alguém experimentar castanhas e frutas em outro país, mas acredite: você não vai se arrepender. A Turquia produz 75% da safra global de avelãs, elas mesmas, as responsáveis por aquele delicioso creme com cacau. O país também está entre os cinco maiores produtores mundiais de figos, cerejas, morangos, pêssegos, melões, melancias, tangerinas, maçãs e nozes. Prove, prove e prove!

 

 

 

7. Sorvete

O sorvete turco é como nenhum outro que você já teve o prazer de experimentar… Para começar, tem um sabor distintamente esfumaçado graças ao mástique natural, uma espécie de resina usada no preparo e segundo, sua textura é mais mastigável do que a da sua prima italiana nos gelatos, que é mais suave. A espessura além dos ingredientes, como frutas, leite e açúcar, vem da salepo, uma farinha obtida a partir dos tubérculos de espécies de orquídeas encontradas nas montanhas do sudeste turco. Um verdadeiro deleite gastronômico!

 

 

 

8. Manti

Os italianos chamam de ravioli , os georgianos de khinkali e os turcos colocam de manti. Esta versão de carne envolvida por uma massa é servida com iogurte fresco besuntado de manteiga derretida e polvilhado com ervas picadas e flocos de chile. Saborosíssimo!

 

 

 

9. Dolma

Arroz e a carne recheiam pimentões, tomates, abobrinhas e berinjelas que são assados e viram pratos deliciosos! O sarma vem com os mesmos ingredientes, mas dessa vez enrolados em folhas de videira ou repolho, o que conhecemos no Brasil como “charutinhos de folha de uva ou de repolho”. Sim, você já deve ter provado em algum restaurante de comida árabe, e qualquer semelhança não é mera coincidência!

 

 

 

10. Lokum

Conhecido como manjar turco, é uma delícia colorida e um dos doces mais conhecidos da Turquia! É um delicado cubo de gelatina doce, bem saboroso e com uma textura especial. Leva esse nome de lokum, pois deriva da palavra árabe para “pedaços”. É feito com uma variedade de sabores e cores, e muitas vezes aromatizada com a água das rosas de damasco, já que a Turquia é o maior produtor mundial dessas rosas cuja água traz uma fragrância doce e intensa descoberta pelos chefs otomanos. O Lokum é sempre polvilhado com açúcar, e é comum ser servido ao lado de um bom café turco no final de uma refeição.

 

 

 

11. Kahve

Para saborear um verdadeiro café turco, é preciso um barista realmente habilidoso e um bom anfitrião para estudar sua fortuna ou futuro através da borra na sua xícara. Dizem que o café turco (kahve), apareceu pela primeira vez na capital imperial de Istambul no século XVI. O que é certo é que, desde então, é parte da vida dos tucos – emprestando seu nome ao café da manhã (kahvaltı ou “antes do café”) e à cor marrom (kahverengi).

 

 

 

12. Tulumba

Lembra bastante o churros, mas na verdade esse doce é feito com massa de farinha de trigo não levedada que, em formato de bolinhas, são fritas e ensopadas no xarope. Dá água na boca, não?

 

13. Muhallebi

É um tipo de pudim delicioso feito com leite, açúcar, farinha, manteiga e baunilha. Ele é servido em taças e pode ser coberto com amoras brancas, avelãs, nozes, mel, canela, e até mesmo chocolate. Para os amantes do cacau, vale a pedida!

 

14. Raki

A bebida mais consumida na Turquia e, só por essa razão, já merece ser provada. Mas é ótimo também! É um licor aromatizado com anis, também conhecido como “Leite de Leão”.

 

 

Fonte: https://www.terramundi.com.br/

Compartilhar:

Contato

Cadastre seu e-mail e receba promoções exclusivas!

Seu Telefone (obrigatório)