TITLE

DESCRIPTION

Manual do bom viajante: dicas de etiqueta antes de decolar

Confira essas dicas e relatos e não faça feio na hora de viajar!

Há muitas horas eu já esperava para embarcar. Entrei no avião cansada e abri aquele sorriso quando vi, à minha frente, a telinha touch screen do entretenimento de bordo. Empolgada, corri a escolher um filme entre tantos na lista. Cliquei em todas as opções e continuei clicando até o passageiro da frente levantar-se, enfurecido. Em alguma língua que eu até hoje não sei qual, levei uma bela bronca. E sem entender uma só palavra eu entendi tudo! Coitado! Aquele senhor tinha sentido cada clique meu. Morri de vergonha e, imediatamente, aprendi a lição. Use o controle remoto!

 

 

Essa não foi a única vergonha que passei em avião. Já errei a companhia aérea, troquei o número do meu assento, ocupei boa parte do compartimento de bagagem com sacolas, acordei com o meu próprio ronco (vergonha grau master), bati a minha mochila nos passageiros do corredor e derrubei um copo de água na pessoa ao lado. Ao mesmo tempo, já vi muita gente passar vergonha e já senti muita vergonha alheia.

 

 

Por já ter sido alvo de pessoas deselegantes, já ter incomodado muita gente e ter visto algumas barbaridades dentro de avião, aprendi que o melhor é ter bom senso. Nem sempre é fácil, mas todos os passageiros precisam tentar. Vale seguir regras básicas de boa convivência social, ser educado, gentil e muito, muuuuuuuito tolerante com o próximo. Pensando nos leitores do Melhores Destinos, que tanto amam embarcar em uma aventura, preparamos este guia com algumas regrinhas que podem facilitar a vida dentro do avião. E se você já foi alvo, ou ator, de um evento escabroso dentro do avião, conte pra gente! Adoramos boas histórias!

 

 

ANTES DE DECOLAR

– Verifique atentamente o horário, data e companhia aérea do seu voo. Pode parecer estranho, mas não é incomum que as pessoas troquem as bolas. Lembre-se de chegar com uma hora de antecedência em voos nacionais e ao menos duas horas em voos internacionais (três quando é recomendado pelo companhia). Para não correr o risco de um imprevisto (ninguém está livre de furar um pneu, por exemplo), calcule o tempo com sobra.

 

 

– Escolha roupas confortáveis. Especialmente se o voo for longo, opte por um visual que preze pelo conforto e não só pela beleza. Depois de muitas horas de viagem você irá agradecer não ter viajado com aquela calça colada ou um sapato desconfortável.

 

 

– Lembre-se dos cuidados com a higiene pessoal. Você estará coladinho a outras dezenas de pessoas, preso em um avião. Por isso, lembre-se de usar um bom desodorante, verificar o chulé e escovar os dentes. Afinal, são regras básicas para a boa convivência em um espaço tão limitado. Se o voo for longo, leve todos os produtos necessários para refazer o processo durante a viagem. É importante também lembrar que muitas pessoas são alérgicas a perfumes, por isso tenha cuidado na escolha do seu. Odores fortes, para o bem ou para o mal, não são bem-vindos em um avião.

 

 

– Usufrua das facilidades do check-in online e evite filas no aeroporto. Se você pode facilitar, por que dificultar? Caso possua um smartphone, computador ou tablet, faça o procedimento ainda em casa, especialmente se não tiver malas para despachar. Assim você terá um trabalho a menos quando chegar ao aeroporto.

 

 

– Lembre-se dos limites de bagagem. A regra é clara, por isso não adianta reclamar caso o funcionário da companhia aérea pese a sua bagagem de mão ou cobre excesso de peso pela mala despachada. Lembre-se também que a bagagem de mão se refere a apenas um volume. Evite, portanto, aquele monte de sacolas com tudo o que não coube na mala. Fique atento aos diferentes limites para voos nacionais e internacionais. Sem esquecer que se o seu voo é no exterior, e não foi comprado vinculado à passagem do Brasil, as regras serão diferentes. Veja mais detalhes sobre limites de bagagem.

 

 

– Não esqueça a identidade. Ela é obrigatória para o embarque de todos os passageiros. Caso tenha perdido durante a viagem, você poderá registrar um boletim de ocorrência. Ele irá substituir o documento perdido. Esta medida vale apenas para voos nacionais. No caso da perda do passaporte, a retirada de um novo é obrigatória.

 

 

– Fique atento ao horário de embarque. As lojinhas, lanchonetes ou a conversa com os amigos são excelentes para distrair o viajante. É preciso lembrar que o trâmite não acaba no check-in. Você precisará passar por detectores de metais, Polícia Federal e ainda encontrar o portão do seu voo. Ou seja, nada de enrolação. Evite a correria e a vergonha de ter o nome gritado no alto falante do aeroporto.

 

 

– Na hora de passar pelos detectores de metal e raio-x, cumpra todos os procedimentos pedidos. Eles são obrigatórios para todos os passageiros. Se você já sabe que o seu cinto apita; o computador deve estar fora da mala; celulares no bolso devem ser retirados e materiais cortantes são proibidos, previna-se antes de passar pelo procedimento. Isso acelera o processo e faz a fila andar mais rápido. Não espere ser chamada a atenção para tirar as moedinhas esquecidas do bolso.

 

 

– Confira o número do portão de embarque. É prática constante a mudança dos portões. Antes de dirigir-se ao seu, olhe o painel eletrônico e tenha certeza de estar indo para o lugar correto. Alguns aeroportos são enormes e talvez você não tenha tempo de encontrar o local certo depois.

 

 

– Vá ao banheiro antes de entrar na aeronave. O momento é chato para todos. Quem está na janela precisa atrapalhar os outros passageiros. Já os que estão no corredor precisam dar licença aos colegas de fila. Para evitar o transtorno durante o voo, não custa nada dar uma passadinha rápida no toilet.

 

 

– Não brigue por tomadas. A espera na sala de embarque às vezes é longa e a bateria do celular pode não resistir. Se você passa constantemente por isso, é hora de adquirir um carregador portátil. Afinal, é muito chato ficar rodando as cadeiras em busca de uma fonte de energia.

 

 

– Respeite as prioridades e regras de embarque. O seu assento está marcado e ninguém irá tomá-lo de você. Por isso, nada de correria e desespero na hora de entrar no avião. Alguns passageiros – como os acompanhados por crianças de colo, idosos, clientes preferenciais dos programas de fidelidade e cartões de crédito – têm prioridade na hora do embarque. Aguarde a sua vez. Nada de furar fila! Todos embarcarão no mesmo avião e chegarão igualmente ao destino. Ah! Não esqueça que o documento de identidade é obrigatório!

 

 

 

Fonte: melhoresdestinos.com.br

Compartilhar:

Contato

Cadastre seu e-mail e receba promoções exclusivas!

Seu Telefone (obrigatório)